Ações para reduzir os impactos climáticos

Categoria: Amazônia

Publicado em: 29/01/2018

bannersite-29.01

A restauração de florestas pode contribuir com a redução de carbono na atmosfera e, além disso, a ação pode ajudar a reduzir o impacto das mudanças climáticas. O manejo florestal também pode ser fonte de energia sustentável, além de gerar emprego. Quando coletada por iniciativas controladas e juntamente ao reflorestamento, a madeira pode gerar energia limpa se queimada com tecnologia apropriada.

Vale levantar alguns pontos positivos quanto a contribuição do reflorestamento para a redução dos impactos climáticos:

– As árvores são um meio de refrigeração natural que reduz a necessidade da construção de centrais hidrelétricas e nucleares;

– A sombra das árvores refresca as ruas e os estacionamentos. Nas cidades as temperaturas costumam registrar entre 05 e 09 graus a mais do que nas regiões onde existem árvores;

– As árvores evitam ou reduzem a erosão do solo e a contaminação da água;

– Segundo sua situação, espécie, tamanho e estado, a sombra das árvores pode reduzir os gastos em ar condicionado de edifícios residenciais e comerciais entre um percentual de 15% a 50%;

– Contribuem com as correntes subterrâneas e à manutenção dos rios;

– Servem de barreiras visuais;

– As árvores de uma zona residencial ou comercial, bem colocadas e cuidadas, podem aumentar o valor dos imóveis, além de protegê-las do vento;

– É uma fonte constante de combustível para estufas e usinas;

– As árvores convenientemente plantadas reduzem significativamente a poluição acústica nos cruzamentos e vias de grande movimento;

– O manejo planejado e controlado de florestas é uma fonte sustentável de madeira;

– As florestas têm papel importante na preservação da Fauna e da Flora silvestre.

Uniconsult 2017. Todos os direitos reservados